Logotipo do Jornal de Resenhas
Assine o Jornal de Resenhas
Foto da capa do livro Homenagem a Ivan Domingues

Homenagem a Ivan Domingues

Por Jelson Oliveira

O livro Minas e horizontes do pensamento: escritos em homenagem a Ivan Domingues foi lançado em live transmitida pelo canal Memória Filosofia UFMG no dia 29 de outubro de 2021. Organizado por Anna Carozzi, Carlos Ratton, Helder Carvalho e Jelson Oliveira, o livro conta com 25 artigos escritos por pesquisadores e pesquisadoras nacionais e internacionais, precedidos por uma entrevista com o autor, realizada por outros 10 colegas. Além disso, o texto tem prefácio do prof. Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da Unisinos e traz na capa uma imagem das bordadeiras de Pirapora – MG, como é conhecida a família Dumont. Trata-se de uma Festschrift, gênero literário criado no século XX para homenagear personalidades de destaque no meio acadêmico.

Ler a resenha

Foto da capa do livro A responsabilidade dos Estados1
A responsabilidade dos Estados
Livro de Ben Holland por Luiz Felipe Sahd

A noção de personalidade do Estado espreita logo abaixo da superfície da política moderna. Quando culpamos os Estados por erros históricos, os admoestamos a cumprir suas promessas ou falamos sobre suas identidades e interesses, pressupomos que eles são, em certo sentido, pessoas. As dívidas soberanas e as obrigações do tratado persistem por gerações porque não se vinculam a pessoas individuais, mas à pessoa jurídica do Estado. Embora a ideia de personalidade do Estado tenha saído de moda em meados do século XX, em grande parte por causa de suas associações com o fascismo e a metafísica idealista, ela tem sido objeto de interesse renovado nas últimas duas décadas. The Moral Person of the State, de Ben Holland, é um excelente estudo da ideia de personalidade do Estado e do papel de Samuel Pufendorf em desenvolvê-la.

Ler a resenha

Foto da capa do livro Luiz Roberto Salinas Fortes em nova edição1
Luiz Roberto Salinas Fortes em nova edição
Rousseau: da teoria à prática pela Discurso Editorial

A reflexão de Luiz Roberto Salinas Fortes se inscreve na linhagem dos grandes intérpretes que discutem o problema da unidade da obra de Rousseau. Combinando, de um lado, a análise fortemente embasada nos textos, e de outro, o olhar crítico voltado para a realidade do presente, Rousseau: da teoria à prática trata de investigar a relação entre o dizer e o fazer no mundo social com base na imagem rousseauniana do escritor político. E é exatamente esse escritor político, esquematicamente situado por Rousseau entre duas outras figuras clássicas da filosofia política – o legislador e o príncipe –, que oferece uma solução para o problema da incongruência entre teoria e prática. Tal originalidade coloca o intérprete brasileiro na mesma altura de nomes como Cassirer, Burgelin, Starobinski ou Launay.

Ler a resenha

 
Apoio cultural
Apoio institucional
Top